Exercícios – Orações Subordinadas Adverbiais

agosto 19, 2009

Oi, turminha! Para exercitar seu cérebro, e para entender que tipo de questões teremos na prova da semana que vem, faça com atenção os exercícios abaixo.

1. Identifique e sublinhe a oração que possui valor de advérbio, e depois diga qual é o sentido que ela concede ao texto.

a. “Eu canto porque o instante existe, e a minha felicidade está completa” (Cecília Meireles).

b. “Se você disser que eu desafino, amor, saiba que isso em provoca imensa dor” (Tom Jobim).

c. Tudo aconteceu como estava previsto na Bíblia.

d. A fim de que não te iludas, toma mais cuidado com os teus sentimentos.

e. “Queremos liberdade, ainda que venha tarde” (Cecília Meireles).

f. A mulher traída investiu sobre o marido feito um rojão.

g. “E tão mansa ela esmorece/ Tão lentamente no céu de prece/ Que assim parece toda repouso..” (Manuel Bandeira).

h. “Não permita, Deus, que eu morra/ Sem que eu volte para lá…” (Gonçalves Dias).

i. Segundo se dizia no passado, mulher que fala muito perde logo o seu amor”.

j. Quanto mais eu penso nela, tanto mais a odeio.

l. Desde que chegou, o moço só pediu um copo d’água.

m. Embora eu saiba que estás iludida, tenho o dever de de contar-te a verdade.

 

2. Agora, substitua as conjunções e reescreva as orações, de modo que o sentido inicial permaneça.

 

Vamos estudar! Nada de decoreba! Fiquem atentos porque logo colocarei mais exercícios,

Abraço, da Prof.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: